Existe Alienação Parental contra o Idoso?


Sim. Ultimamente tem se constatado que os idosos são impedidos, por curadores ou pessoas que exerçam influência sobre ele, de preservar o vínculo de convivência com outros parentes e amigos, mantendo-o isolado.

Nesse sentido, embora o Estatuto do Idoso seja omisso quanto ao tema, os operadores do direito utilizam por analogia a lei de alienação parental para proteger os direitos dos idosos, evitando assim a prática da alienação parental.

Você também pode se cadastrar em nossa newsletter ou nosso RSS Feeds.

 
Comentários Facebook

OUÇA NOSSO PODCAST
GRUPO TELEGRAM


Quais as consequências da Alienação Parental?


Sob o olhar da criança, os especialistas da área da psicologia afirmam que existem diversos malefícios na formação da personalidade da criança, causando, portanto, manifesto prejuízo no presente (enquanto criança) e no futuro (enquanto adulto).

Sob o olhar do genitor vítima, os especialistas da área da psicologia também afirmam que o desgaste emocional pode trazer diversos malefícios à psiquê do adulto, que poderá refletir negativamente na vida pessoal, profissional e social.

Sob a ótica jurídica, uma vez identificada a prática da alienação parental, há diversas sansões que podem ser aplicadas, tal como expliquei à pouco. Nesse sentido, é possível:
1) declarar a ocorrência de alienação parental e advertir o alienador;
2) ampliar o regime de convivência familiar em favor do genitor alienado;
3) estipular multa ao alienador;
4) determinar acompanhamento psicológico e/ou biopsicossocial;
5) determinar a alteração da guarda para guarda compartilhada ou sua inversão;
6) determinar a fixação cautelar do domicílio da criança ou adolescente;
7) declarar a suspensão da autoridade parental.

Você também pode se cadastrar em nossa newsletter ou nosso RSS Feeds.

Comentários Facebook

OUÇA NOSSO PODCAST
GRUPO TELEGRAM


A Alienação Parental faz perder a guarda?


Sim. Uma das sanções previstas para quem pratica alienação parental é a modificação da guarda ou suspensão da autoridade parental, ou seja, em última análise pode ser compreendido como a perda da guarda.

Você também pode se cadastrar em nossa newsletter ou nosso RSS Feeds.

Comentários Facebook

OUÇA NOSSO PODCAST
GRUPO TELEGRAM